Dicas de recuperação de dados para Windows

Desde o início do século 21, os computadores passaram a desempenhar um papel essencial na vida diária das pessoas comuns. Seja um escritor aproveitando os poderosos processadores de texto, fotógrafos usando o Photoshop para dar vida ao seu trabalho como nunca antes ou programadores trabalhando em software promissor e inovador, os computadores têm muito a oferecer para pessoas de todas as esferas da vida.

Com a pandemia de Covid-19 e a necessidade de continuar trabalhando a partir de casa em Home Office, sua importância tornou-se ainda maior à medida em que vários procedimentos presenciais deram lugar à experiência remota intermediada por computadores.

Embora os computadores possam desempenhar um papel integral na sociedade moderna, eles também são altamente incompreendidos pelas massas, levando a muitos acidentes que poderiam ter sido evitados; uma das situações mais assustadoras é excluir um arquivo que levou horas para ser montado ou esquecer de salvar um documento antes de desligar o PC. No entanto, devido à forma como os sistemas operacionais (especialmente o Windows) são projetados, existem sistemas em vigor para garantir que quase todos os dados perdidos possam ser recuperados, seguindo apenas algumas etapas:

Recuperando um arquivo excluído

Uma das ferramentas mais úteis integradas a cada sistema operacional Windows é conhecida como “Backup do Windows” e pode fazer milagres para quem perdeu ou excluiu um arquivo importante. Ao configurar o Backup do Windows, o computador salvará as versões anteriores dos arquivos no disco rígido, mas os salvará para que não sejam vistos. Quando um arquivo importante é excluído ou perdido, simplesmente ir para a opção “Backup and Restore” encontrada no Painel de Controle (que pode ser acessada usando o menu Iniciar) levará a uma opção que diz: “Restaurar meus arquivos”. Isso configurará o usuário com um assistente, que poderá conduzi-lo pelas etapas de recuperação de um arquivo perdido ou excluído.

O processo também pode ser feito utilizando o método “Restaurar versões anteriores”, que consiste em encontrar a pasta que continha o arquivo excluído, clicando com o botão direito do mouse sobre ela e usando a opção “Restaurar versões anteriores” ali visualizada. Tanto esse método quanto o método acima funcionarão no Windows XP até o Windows 10, o que significa que são viáveis ​​em qualquer plataforma Windows moderna.

Recuperando arquivos não salvos de documentos do Word

Talvez uma das maiores frustrações de trabalhar com computadores seja perder documentos não salvos. Quer a energia seja cortada durante uma sessão de trabalho ou o computador seja desligado antes de o arquivo ser salvo, a maioria dos usuários do Windows e do Microsoft Word perderam documentos porque não foram salvos. Felizmente, existem vários métodos para recuperar documentos não salvos; um dos métodos mais fáceis de fazer isso é usando o recurso Auto Recuperação do Word (isso varia dependendo de qual versão do Word está sendo usada, no entanto, essas instruções serão para o Word 2013). Para usar o recurso Auto Recuperação, basta abrir o Word, ir ao menu “Arquivo”, clicar na opção “Abrir” e selecionar “Documentos recentes”. No final da lista de documentos recentes, haverá uma opção que diz “Recuperar documentos não salvos”. Aqui, todos os documentos recentes do Word devem ser encontrados; clique duas vezes no documento necessário para abri-lo e salve-o imediatamente para evitar que esse problema aconteça novamente.

Embora muitos documentos possam ser recuperados, muitos outros não; esperar um certo tempo depois de perder um documento não salvo tornará mais difícil sua recuperação e o uso de versões mais antigas do Word também pode interromper o processo. Para aqueles que têm problemas para se lembrar de salvar documentos, considere o Microsoft Office Online, um programa baseado em navegador que salva automaticamente os documentos à medida que são trabalhados, para evitar erros trágicos.

A perda ou exclusão de um documento importante pode parecer assustador no início, mas existem várias maneiras de recuperar os dados perdidos com rapidez e facilidade. O risco de perda de documentos pode ser reduzido organizando-os adequadamente por assunto ou tipo de arquivo, pois isso pode torná-los muito mais fáceis de controlar, em vez de estarem espalhados por muitas pastas diferentes. No entanto, erros acontecem e o Windows está bem ciente de como pode ser fácil excluir dados importantes, deixando-nos com ferramentas úteis que podem ser usadas para recuperar dados que poderiam ter sido perdidos.