Malware para Android disfarçado de aplicativo Netflix se espalha por meio de mensagens do WhatsApp

A Check Point descobriu um malware em aplicativo da Google Play Store. Apresentando-se como um serviço da Netflix, o “FlixOnline” prometia acesso ilimitado ao conteúdo da famosa plataforma de streaming. Assim que o aplicativo era baixado, o malware disseminava-se por meio do WhatsApp entre os grupos e contatos da vítima para os quais eram enviados … Ler mais

TOTVS aposta em aplicativos mobiles complementares ao ERP

TOTVS aposta em apps mobiles complementares ao ERP

Disposta a simplificar o negócio de seus clientes, a TOTVS leva a facilidade do uso de aplicativos mobiles como complementos aos seus softwares de gestão (ERP). De grande usabilidade e disponíveis gratuitamente aos clientes, os novos apps trazem várias funcionalidades para otimizar a rotina de qualquer empresa. Com os lançamentos, usuários operacionais e gestores podem … Ler mais

Como saber se o app que você está baixando é seguro

Como saber se um app é seguro?

A pesquisa “Você é um especialista em cibernética?” realizada pela Kaspersky Lab, empresa especialista em segurança cibernética, também revela que quase 15% dos consumidores brasileiros não leem as mensagens de instalação desses programas. Dessa forma, o usuário clica em “avançar” e “aceito” sem saber o compromisso que está assumindo. O analista de segurança da Kaspersky … Ler mais

Mercado brasileiro de smartphones registra queda pela primeira vez, aponta estudo da IDC

Mercado brasileiro de smartphones cai pela primeira vez

Mercado brasileiro de smartphones cai pela primeira vezSegundo o estudo Mobile Phone Monthly Tracker foram vendidos cerca de 4,86 milhões de aparelhos em abril, 1% a menos do que no mesmo mês do ano passado. Em maio, a queda foi maior: 16%, com 3,89 milhões de smartphones comercializados no país.

“O mercado brasileiro de smartphones não está mais blindado em relação ao momento econômico que atravessa o país”. Esta constatação faz parte do estudo Mobile Phone Monthly Tracker, realizado pela IDC, líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. Segundo o levantamento, as vendas de celulares inteligentes registraram queda pela primeira vez no país: em abril, foram cerca de 4,86 milhões de aparelhos comercializados, 1% a menos do que no mesmo mês de 2014. Em maio, a queda foi de 16%, com 3,89 milhões de smartphones vendidos. Para o segundo trimestre, os números preliminares mostram que as vendas devem cair 12% na comparação com o mesmo período do ano passado. “Prevíamos um crescimento de pelo menos 5%, mas agora trabalhamos com volume negativo. Isso é reflexo do momento econômico do Brasil. Em 2014, qu ando o mercado de smartphones estava forte, houve um aumento de 56% frente ao segundo trimestre de 2013”, avalia Leonardo Munin, analista de pesquisas da IDC Brasil.

Por conta do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, historicamente os meses de abril e maio são bons para o mercado brasileiro de smartphones. “Porém, devido a vários fatores o mercado desacelerou”, afirma Munin. A alta do dólar gerou repasses de preços ao consumidor e os aparelhos intermediários ficaram de R$ 30 a R$ 60 mais caros e os tops de linha tiveram aumento de R$ 100 a R$ 200, afetando diretamente o volume de celulares comercializados. Além disso, o poder de consumo e a confiança do brasileiro também colaboraram para o desempenho do mercado de smartphones. O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu 1,4% em junho e chegou a 83,9 pontos, segundo menor nível desde que o índice foi criado, em setembro de 2005. Já o Índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 4,9% no mês passado, com 68,1 pontos, o menor nível da série iniciada em outubro de 2005.

Ainda de acordo com o estudo, os canais de varejo e de distribuição estão com estoque de produtos lotados. “É algo nunca visto no mercado de smartphones”, disse Munin. As operadoras estão reduzindo o volume de compras de aparelhos e a maioria das fabricantes está reajustando os negócios e as projeções de venda frente a essa nova realidade do mercado brasileiro.

A IDC Brasil revisou para baixo as suas expectativas para este mercado em 2015. De uma previsão inicial de 63.5 milhões, caiu para próximo a 54 milhões de unidades. “Essa revisão está sendo um indicador de que realmente a economia no país não vive seu melhor momento”, completa o analista da IDC Brasil. Uma boa alternativa para as fabricantes, segundo ele, é apostar nas pessoas que querem trocar de aparelho. “Convencer quem tem um celular tradicional a comprar um smartphone e quem já tem um celular inteligente de entrada ou intermediário optar por um modelo mais robusto é a solução para que o mercado continue girando um bom volume de dispositivos”. Hoje, o Brasil ainda tem uma base instalada muito grande de feature phones – mais de 45% da população ainda tinha esse tipo de celular até o fim de 2014.

5 passos para ganhar dinheiro usando o WhatsApp

Ganhar dinheiro com o Whatsapp

Ganhar dinheiro com o Whatsapp

A velocidade de comunicação proporcionada pelas últimas tecnologias vem sendo utilizada, em especial nas redes sociais e aplicativos, como estratégia para melhorar os negócios. É o caso do WhatsApp, um aplicativo de bate-papo que já tem mais de 47 milhões de usuários no país e que, justamente por alcançar tanta gente, ganhou uma função para lá de lucrativa entre comerciantes e autônomos.

Márcio Ribeiro, professor de Marketing Digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie, ressalta que o aplicativo, assim como outros, ultrapassou fronteiras das relações sociais, indo além do uso recreativo. “Uma empresa precisa estar atualizada, senão fica para trás. No cenário das novas tecnologias, abre-se espaço também para novos profissionais, qualificados por dominarem as redes sociais e aplicativos”, diz o especialista. Uma mão de obra relativamente barata para as empresas vira chance de grana extra para muitos autônomos.

Ler mais

As Vantagens de Cloud Computing

[ad_1] A nuvem tem revolucionado a maneira que os dados são armazenados. Em vez de confiar em um disco rígido que está dentro de um local, você pode confiar na nuvem, onde os dados são armazenados em algum lugar fora do local e pode ser acessado online. Isto proporciona-lhe mais mobilidade – e computação em … Ler mais

Computação Móvel

[ad_1] A computação móvel refere-se ao uso de qualquer tipo de computador num ambiente móvel. O movimento pode ser do próprio dispositivo, como em laptops, palmtops, computadores portáteis e telefones celulares; ou pode se referir à dinâmica do processo de computação, como em câmeras digitais, podcasters e MP3 players. Dispositivos de computação móvel geralmente usam … Ler mais