Empreendedor, em momentos de crise, crie!

Empreendedorismo e criatividade
A inflação volta a ser um fantasma em nossas vidas. O preço da gasolina aumentou, a energia elétrica está mais cara, vários alimentos também sofreram reajustes nos preços, a Petrobras está quebrada, as montadoras sofreram forte redução em suas vendas de automóveis.

Ok, o cenário é de crise. Mas isso não é motivo para se desesperar. Essa não é a primeira vez que nós, brasileiros, passamos por momentos negativos na economia. E não pense que o cenário fora daqui está muito melhor. Na América Latina, muitos “hermanos” também sofrem esse panorama sombrio, assim como vários países europeus. Até mesmo a China já não apresenta mais todo aquele crescimento de alguns anos atrás.

Nessas situações, temos dois caminhos básicos: o primeiro é bem simples. Faça nada. Sim, deixe tudo fluir naturalmente e espere o momento passar. Nenhuma crise econômica é eterna. Se você possui condições de fazer isso, ótimo. Mas talvez algumas pessoas possam se sentir incomodadas nessa situação. Então existe o segundo caminho: crie. Sim, do verbo criar, produzir, inovar!

Para muitas pessoas, principalmente para aquelas com perfil mais empreendedor, esse cenário mais negativo é perfeito para ganhar seu espaço. Enquanto algumas pessoas ficam desesperadas em um incêndio, outros vendem baldes e mangueiras para controlar o fogo. Entendeu o raciocínio?

Vou lhe dar um exemplo: apesar desse cenário, muitas pessoas continuam consumindo normalmente. Talvez deixem de comprar um produto ou outro, mas continuarão comprando outros. Neste último final de semana, fui com minha esposa em uma doceria para tomar um café e comer brigadeiros do tipo gourmet, ou seja, são brigadeiros mais caros que os tradicionais. Acreditei que o local estaria tranquilo. Para minha surpresa, em pleno sábado à tarde, tinha fila de espera para ser atendido!

O segredo? Simples: essa doceria produz brigadeiros “diferentes” com sabor: maracujá, cappuccino, amora, goiabada, granola, nozes e até com vinho! Isso é diferenciação. Isso é estratégia! Em tempos de crise, crie! Os brigadeiros custam, em média, R$ 2,50 a unidade. Além disso, eles vendem aqueles famosos bolinhos cupcakes, que também apresentam ótima saída nas vendas.

Outro exemplo: um famoso fabricante de sorvetes aqui da minha região recentemente lançou dois novos sabores de picolé: morango com leite condensado e pé de moleque. Foi um verdadeiro sucesso! Em uma entrevista, o empresário fundador da empresa afirmou que em 2014 produziu 6 milhões de litros de sorvete, e que neste ano irá aumentar sua produção. Crise? Acredito que esse empresário desconhece essa palavra. Ele ainda chega a declarar: “As pessoas devem saber que existem oportunidades em qualquer ramo. O diferencial está no planejamento do negócio e na forma como o serviço é prestado”.

Parece simples. E é simples! Com um bom planejamento, qualquer dificuldade pode se transformar em oportunidade. Volto a repetir: em tempos de crise, crie! Não deixe o tempo passar em vão. Estude, planeje, analise, faça acontecer. Como dizia um herói na nossa infância: “O poder é de vocês!”.

Leandro Gonçalves Martins é administrador, especialista e pesquisador em marketing, TI e educação. Autor de livros sobre gestão e empreendedorismo. Professor universitário de graduação e MBA na ESAMC Santos.