Como ter uma boa segurança digital a baixo custo

Segurança digital é uma necessidade para indivíduos, empresas, entidades e governos. Os criminosos virtuais não escolhem suas vítimas, na verdade, eles exploram pontos fracos de sistemas computacionais bem como o comportamento humano. Um computador sem antivirus, uma falha do sistema operacional, uma atualização não aplicada, um email fraudulento, todas essas vulnerabilidades podem ser a porta de entrada para atacantes maliciosos.

“O bater das asas de uma mariposa pode provocar um furação em outra parte do mundo”. Com esta simples frase da “Teoria do Caos”, de Eward Norton Lorenz, o “efeito mariposa” se tornou conhecido. Basicamente explica que pequenas ações podem ajudar a criar grandes mudanças. Esta mesma ideia se aplica à internet e ao mundo hiperconectado em que vivemos.

O recente caos causado pelo “Ransomware” e “WannaCry”, o maior ciberataque na história da internet, é uma modalidade de vandalismo que vem crescendo de forma acentuada nos últimos dois anos e considerando que neste momento, em algum lugar do mundo, em algum celular, em algum computador, talvez em sua cidade, alguém está clicando em um email com spam ou ativando macros em um arquivo perigoso, vale a pena tomar conhecimento e ter precauções para melhorar nossa segurança digital.

Segurança digital é a proteção da identidade digital, que é a versão na internet da identidade física de uma pessoa. Segurança digital inclui as ferramentas que uma pessoa usa para manter segura sua identidade, seus ativos e bens nos ambientes digitais.

Aqui estão alguns conselhos de segurança digital com baixo custo ou grátis para evitar o pagamento de resgates:

Segurança no computador ou celular

  • Proteger as informações não apenas no computador ou telefone, como também proteger nos discos rígidos externos (WD My Passport) e sincronizá-las na nuvem, utilizando aplicações como Dropbox/Google Drive/Onedrive/CrashPlan/Carbonite/Backblaze.
  • Manter atualizado o sistema operacional, tanto do telefone como do computador, que inclui as últimas versões de segurança.
  • Utilizar senhas complexas e únicas.
  • Utilizar um administrador de senhas (1password, lastpass, iPassword, etc.)

No navegador da internet

  • Utilizar a menor quantidade possível de plug-ins.
  • Ajustar as configurações de segurança e privacidade do navegador.
  • Utilizar um ad-blocker para evitar a ameaça de avisos malignos.
  • Contratar um VPN, um serviço que direciona a navegação para um servidor seguro antes de passar pelo seu provedor de internet. Estes VPNs são essenciais para conexões à internet em lugares públicos, como um restaurante ou hotel.
  • Pensar duas a três vezes antes de baixar arquivos e software.

No administrador de email

  • Prestar atenção no endereço eletrônico de onde vem os emails! 3ye54eui@hotsale.com não parece ser de alguém que se conheça.
  • Nunca abrir email spam. Nunca!
  • Nunca baixar arquivos anexos em um email que é spam. Nunca!
  • Nunca clicar em links de um email que é spam. Nunca!
  • Ajustar as regras de mensagem da caixa de entrada para o nível de segurança desejado.

Em um celular

  • Gerenciar permissões para aplicativos. No menu de configurações pode-se verificar quais aplicativos solicitaram acesso e a quais recursos críticos.
  • Utilizar autenticação de dois fatores. Dependendo do serviço pode-se ativar o recebimento do código de segurança adicional mediante SMS, chamada de voz, software ou token.
  • Utilizar o Signal ou outros serviços de encriptação de mensagens (WhatsApp já lançou seu próprio protocolo de encriptação).

O uso de software antivírus pagos (Norton, McAfee, Kaspersky) é sempre um excelente investimento. Existem diferentes preços e opções. O importante é que incluam atualizações automáticas e escaneamento em tempo real.

Por último, dentro das linhas financeiras da Chubb podem ser encontrados diferentes produtos e soluções flexíveis para empresas que queiram se proteger de ciberataques, porque já não é uma questão de ser ou não atacado, mas sim de quando. Na América Latina, a companhia introduziu recentemente o seguro para riscos cibernéticos no México e Colômbia. Em breve, fará o lançamento em outros países da região, incluindo o Brasil.

Sobre a Chubb

A Chubb é a maior seguradora mundial de propriedade e responsabilidade civil de capital aberto. Com operações em 54 países, a Chubb oferece seguros corporativos e individuais de propriedade e responsabilidade civil, acidentes pessoais e seguros de saúde suplementar, resseguros e seguros de vida a diversos grupos de clientes. Como empresa de subscrição, a companhia avalia, assume e gerencia riscos com percepção e disciplina, além de atender e pagar sinistros de forma justa e rápida. A Chubb também é reconhecida por sua ampla gama de produtos e serviços, extensa capacidade de distribuição, excepcional solidez financeira e operações locais no mundo todo.

Chubb Limited, a empresa controladora da Chubb, está listada na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE: CB) e integra o índice S&P 500. A Chubb mantém escritórios executivos em Zurique, Nova Iorque, Londres e outros locais, e emprega aproximadamente 31.000 pessoas em todo o mundo. Informações adicionais podem ser encontradas em: chubb.com.