Estratégias para criar uma equipe mais produtiva

Toda vez que sou questionado a respeito de produtividade no ambiente de trabalho, ressalto que não podemos criar uma empresa produtiva. O que podemos fazer é tornar as pessoas mais produtivas. Pessoas produtivas são capazes de formar uma equipe mais produtiva e, consequentemente, tornar a empresa mais produtiva.

Quando se aborda o tema produtividade, algumas reclamações são bem comuns dentro das empresas. Muitos gestores costumam dizer que a equipe está apresentando dificuldades de rendimento e há também profissionais que se queixam de trabalhar em uma empresa na qual as tarefas sempre aparecem na última hora e são urgentes.

Para criar uma equipe mais produtiva precisamos aprender olhar para a base dos acontecimentos diários. Só assim será possível ter um nível superior de performance.

Sua equipe mais produtiva

Para aqueles que sofrem com essa questão, selecionei cinco estratégias que vão ajudar a tornar sua equipe mais produtiva, confira:

1 – Tenha objetivos claros

A primeira grande ação para melhorar a performance da equipe é ter clareza dos objetivos. A pessoa que não sabe por qual caminho seguir se perde, principalmente, na priorização, tudo fica urgente e elas não sabem ao certo por qual caminho seguir.

É preciso entender claramente o que deve ser feito, por exemplo, qual é a entrega do dia, mês, semana ou até mesmo semestre. Só é possível definir prioridades quando temos em mente o que deve ser feito.

2 – Tenha indicadores definidos

As pessoas gostam de saber como está seu desempenho profissional, por isso não basta, simplesmente, ter metas. Esse é um dos grandes erros que as empresas cometem, pois elas criam objetivos, comunicam a equipe e depois não dão nenhum tipo de retorno em relação ao trabalho.

Quando falamos de metas, estamos nos referindo a indicadores que vão mostrar se estamos próximos ou distante do objetivo.

Uma dica é usar um Indicador Chave de Performance, conhecido por KPI (Key Performance Indicator), que pode ser criado com base no número de vendas que a empresa realiza, no volume de horas extras ou no progresso de um projeto ao longo da semana, de acordo com a necessidade de cada organização ou equipe. O importante é ter um indicador que faça o time ver o que está acontecendo.

3 – Tenha uma ferramenta de gestão

Busque uma ferramenta que auxilie na gestão das tarefas e que ajude a delegar de forma mais eficiente. Ferramentas como o Neotriad, por exemplo, viabilizam a organização do trabalho, o que permite a discussão de prioridades reais e possibilita o mapeamento de indicadores.

Ao visualizar tudo o que está acontecendo ao longo de um período, o gestor consegue ter mais liderança em suas mãos e, consequentemente, a performance da equipe melhora, pois os profissionais aprendem a gerenciar melhor suas atividades.

4 – Crie padrões de comunicação

Tenha padrões para delegar tarefas internamente, para comunicar mudanças no projeto ou sempre que precisar acionar a equipe. Uma sugestão é ter um profissional responsável por delegar as tarefas da equipe. Ele receberá as demandas e alocará na rotina do time. Dessa forma, com todas as tarefas em um ponto central, é possível facilitar a comunicação e o processo de gestão.

5 – Tenha uma estratégia para envolver sua equipe

Nesse sentido, é importante termos uma estratégia para ajudar as equipes a aprenderem com os erros e serem parabenizadas pelos acertos. As pessoas gostam de feedback, por isso, no momento que é identificado um erro é preciso conversar com o profissional e corrigi-lo, agora, quando está ele certo, é preciso parabenizar ou recompensar de alguma forma para que ele se sinta parte do processo.

Com as dicas em mãos, lembre-se que não melhoramos a performance de uma equipe apenas com mudanças na empresa, só temos condições de fazer diferente no momento que ajudamos as pessoas a serem mais produtivas em sua rotina.

Sobre o Autor
Christian Barbosa. Maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade, é CEO da Triad PS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo.

Ministra treinamentos e palestras para as maiores empresas do país e da Fortune 100. Autor dos livros “A Tríade do Tempo”; “Você, Dona do Seu Tempo”; “Estou em Reunião”; co-autor do “Mais Tempo, Mais Dinheiro”; e “Equilíbrio e resultado – Por que as pessoas não fazem o que deveriam fazer?”. Sua mais recente obra: “60 Estratégias práticas para ganhar mais tempo”.

Eutelsat provê entretenimento e comunicação em aviões da Panasonic

A Eutelsat Communications (NYSE Euronext Paris: ETL) anunciou hoje que a empresa aérea Panasonic Avionics Corporation (Panasonic), o maior fornecedor de serviços de entretenimento e comunicação a bordo, contratou capacidade adicional no satélite Eutelsat 172A para oferecer serviços de Internet banda larga e de TV para companhias aéreas comerciais sobre a região do Oceano Pacífico.

Meridiano 172 Leste

Localizado a 172 ° Leste, um gateway privilegiado para os serviços via satélite na região Ásia-Pacífico, o satélite de alta performance da EUTELSAT 172A permite que a Panasonic cubra a região da costa oeste da América do Norte até a Ásia, e de lá para a Austrália e ilhas do Pacífico. Isso irá dar suporte ao rápido crescimento do tráfego aéreo na região.

A Panasonic já garantiu capacidade para um crescimento futuro na posição 172 ° Leste como cliente âncora da carga útil de Alto Rendimento do satélite EUTELSAT 172B que será lançado no ano que vem nesta região-chave da Asia-Pacífico.

David Bruner, vice presidente de Serviços Globais de Comunicação da Panasonic Avionics, disse: “Temos experimentado um crescimento sem precedentes em todos nossos mercados aeronáutico, marítimo e de energia na Ásia. Mesmo após a Panasonic ter contratado uma grande quantidade de capacidade nos satélites EUTELSAT 172A e 172B , nos simplesmente expandimos. Com uma capacidade adicional no EUTELSAT 172A podemos oferecer um serviço de ótima qualidade em todos os nossos mercados verticais”.

Michel Azibert, Chefe Comercial e Diretor de Desenvolvimento da Eutelsat, concluiu: “Com este novo contrato a Panasonic está confiando seu portfolio global de capacidade na Eutelsat, somando-se ao recursos já contratados em quatro dos nossos satélites, EUTELSAT 10A, EUTELSAT 70B, EUTELSAT 115 West B e EUTELSAT 117 West A.Estamos orgulhosos de que nossa infra-estrutura apóia a missão da Panasonic em colocar os passageiros em uma experiência de entretenimento e comunicação a bordo aumentando o valor percebido da companhia aérea.”

Sobre a Eutelsat Communications

Estabelecida em 1977, a Eutelsat Communications (Euronext Paris: ETL, código ISIN: FR0010221234) é uma das maiores operadoras de satélites de comunicação do mundo. A empresa mantém uma frota de 40 satélites e atende clientes que incluem radiodifusores (TV aberta), operadoras de TV paga, provedores de serviços de Internet, dados e vídeos, empresas e agências governamentais.

Os satélites da Eutelsat têm cobertura total na Europa, Oriente Médio, África, Ásia e Pacífico e nas Américas, permitindo que comunicações de vídeo, dados, banda larga e de governos sejam realizadas de modo independente por seus próprios usuários.

Sediada em Paris, com escritórios e centrais de telecomunicação ao redor do mundo, a Eutelsat tem uma força de trabalho formada por mais de 1.000 pessoas de 37 países que são especialistas em suas áreas e que trabalham com seus clientes para fornecer a mais alta qualidade de serviço.

Portal Nacional de Seguros

China lança novo satélite do sistema Beidou

A China lançou mais um satélite de navegação para seu sistema de navegação próprio Beidou, a versão chinesa equivalente ao sistema de geolocalização americano, o GPS. Agora a constelação Beidou contam com 23º satélites o que aumenta a área de cobertura e a precisão do sistema.

O satélite foi lançado às 23h30 (horário local, 15h30 em Brasília) do domingo a partir do centro de Xichang na província sudoeste de Sichuan e foi posto em órbita pelo foguete “Longa Marcha 3C”, segundo um comunicado do centro espacial.

Uma vez o satélite acabe com os testes em órbita, passará a fazer parte da constelação de satélites de geoposicionamento e navegação do sistema Beidou, um projeto iniciado pela China em 1994 que continua se preparando para oferecer uma cobertura global.

O primeiro satélite que fez parte do Beidou só foi lançado em 2000 mas, em questão de 12 anos, a China conseguiu ativar seu sistema regional, que para 2012 fornecia serviços de navegação, posicionamento, hora e mensagem para os países asiáticos.

Agora, o objetivo da segunda maior economia mundial é expandir os serviços do Beidou para a maioria das nações envolvidas na iniciativa “Um cinturão, uma rota” – o corredor econômico e comercial entre Ásia e Europa promovido pelo presidente Xi Jinping – por volta de 2018 e conseguir uma cobertura mundial dois anos mais tarde, em sua busca de transformar o “Bússola” em uma alternativa ao GPS.

Agência Xinhua

Como negociar prioridades

Passamos boa parte de nosso tempo negociando formas para conseguir realizar todas as tarefas dentro do prazo. Por isso, seja com seu chefe, colega de trabalho ou cliente, é importante ter clareza do que é prioritário e deve ser feito, caso contrário tudo vira urgente e você acaba se perdendo. Negociar prioridades é essencial para a gestão do tempo.

Caso você seja uma pessoa que está tentando organizar o trabalho e cumprir a sua agenda, uma dica é não se desesperar, pois é possível se organizar e colocar as tarefas em dia.

Basta reservar um tempinho para se planejar e saber negociar as prioridades de seu dia, assim você conseguirá realizar as atividades dentro do prazo. Para auxiliar nisso, selecionei cinco formas de você negociar e estabelecer prioridades na sua vida.

  1. Tenha controle do seu dia – Não adianta querer priorizar se você não tiver um planejamento, são coisas ligadas, mas que acontecem em uma ordem. Primeiro eu preciso puxar da cabeça tudo que tenho para fazer, depois eu planejo isso nos próximos 3-5 dias e aí eu priorizo diariamente o que deve ser feito primeiro e depois. Se você não sabe o que deve fazer e ficar apenas recebendo e-mails ou lembranças te dando ordens do que fazer você não vai conseguir priorizar de forma eficaz.
  2. Antecipe ao máximo – Sempre que possível não espere a prioridade virar urgência para fazer. Quanto mais antecedência você tiver, mais flexibilidade terá na hora de definir o momento certo de execução. Adiar uma prioridade que tem prazo para um momento de melhor performance pessoal é super saudável, o problema é quando você tem de fazer a prioridade porque é o limite da entrega.
  3. Negocie prioridades antes de serem urgências – Se você sabe que algumas prioridades dependem de terceiros, não espere que eles lembrem da prioridade na ultima hora. Você não pode mudar o modo das pessoas se planejarem, mas o seu planejamento pode inferir na boa produtividade de toda a equipe. Pequenos e-mails de lembrete ou de oferecimento de ajuda ajudam a relembrar a tarefa.
  4. Negocie com seu chefe – Eu não aceito quando delego uma tarefa e a pessoa simplesmente retorna: “não dá para fazer”. Não dá por que? Quais as prioridades? É bem diferente quando eles chegam e falam: “eu estou com essas prioridades na semana, o que você acha que deve ser priorizado?”. O líder tem de saber o que é prioritário, juntos vocês podem negociar as prioridades e os prazos. Haverá dias que vai precisar de “tempo extra”, mas na maior parte dos casos deverá ser possível ajustar.
  5. Negocie com base no resultado – Caso tenha dúvidas do que deve ser priorizado, eu sugiro “elevar” o questionamento para as metas, momento, visão ou missão da empresa. Precisa aumentar o faturamento? Priorize as atividades de faturamento. Precisa aumentar a qualidade de serviço? Priorize o atendimento ao cliente. Priorizar significa dar uma ordem de execução, não esquecer a atividade, por isso, saber o momento certo de fazer se torna imprescindível nessa decisão.Caso você perceba que a sua agenda está ficando caótica com o excesso de prioridades, algo pode estar errado com a forma como tem planejado a sua vida.

Em alguns momentos, esse caos se torna inevitável, mas isso precisa ser passageiro, o que exige um período de dedicação para que tudo volte ao normal. O mais importante é saber usar o tempo com sabedoria.

O Autor: Christian Barbosa é o maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade, é CEO da Triad OS.